Operação da Polícia Civil, com apoio da PM de Jaru, culmina na prisão de mais dois suspeitos de assassinato em Jorge Teixeira

Compartilhe:

Um brilhante trabalho de investigação da Polícia Civil de Jaru para descobrir os autores de um bárbaro crime ocorrido no município de Governador Jorge Teixeira no último dia 29 de abril na zona rural de Governador Jorge Teixeira, que vitimou um vaqueiro e deixou um mototaxista baleado resultou numa operação no início da manhã desta terça-feira (12) onde mais dois suspeitos foram presos.

Nas investigações, a Polícia Civil chegou ao nome de João Paulo Lacerda Coelho, 27 anos, que foi preso no último dia 15 de maio após perseguição na cidade de Jaru, mais precisamente na rua Florianópolis, em frente a um laboratório, onde o suspeito de ser o executor do homicídio teria descido do veículo Honda Civil que conduzia e se escondeu.   

Ainda durante as investigações, a Polícia, através do celular da vítima Paulo Renam Cordeiro, 37 anos, descobriu mensagens possivelmente enviadas por João Paulo se passando por uma mulher, que teria atraído a vítima para sair de uma festa em que estava. Renam contratou o mototaxista Wdson Vinci de Oliveira Santos, conhecido popularmente como Wdson do Baianinho, para transportá-lo e quando seguiam pela Linha 623, em Jorge Teixeira, sofreram uma emboscada e foram atingidos por disparos de arma de fogo. Paulo Renam morreu no local e Wdson foi atingido, mas sobreviveu.    

Em cumprimento a mandados de prisões temporárias e de busca e apreensão, duas equipes da Polícia Civil de Jaru, com apoio de homens do Serviço de Inteligência e da Patrulha Tático Móvel da Polícia Militar, uma operação foi realizada no município de Jorge Teixeira e culminou na prisão de A. da S.L., 42 anos, e W.D.T., também conhecido como Gordim, 22 anos. Os dois foram presos em suas residências localizadas uma na sede do município e outra em uma propriedade rural.

O suspeito A. da S.L. é tio de João Paulo e dias antes do crime teria apanhado de Paulo Renam após uma discussão em um bar, o que possivelmente teria motivado o crime.

Durante as buscas os policiais ainda apreenderam duas espingardas de pressão que supostamente teriam sido brocadas e adaptadas para calibre 22, porém o revólver utilizado no assassinato não foi localizado.

Após as prisões a dupla foi conduzida, juntamente com as armas apreendias à Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Jaru e deverão ficar à disposição da Justiça para futuro julgamento.

Segundo a Polícia declarou ao site Anoticiamais, João Paulo e Gordim também são suspeitos do homicídio de um taxista de 43 anos foi assassinado com um tiro na cabeça na última sexta-feira (20) dentro do veículo em que trabalhava enquanto dirigia pelo Km 3, da Linha C-55, zona rural de Ariquemes. O modus operandi, com características de pistolagem, teria sido semelhante ao homicídio de Jorge Teixeira, onde os criminosos teriam se passado por passageiros através de ligação telefônica com um celular de prefixo do Acre, estado de onde João Paulo veio e ligação teria sido realizada de seu aparelho, apesar do chip não ter sido encontrado.      

Fonte: Anoticiamais

  

 

 

Compartilhe:
















Comentar

 

 

  A Notícia Mais
 
 Notícias de Jaru e Região
 em Tempo Real!

 
  Rua Rio Grande do Norte
  Setor 02
  Centro - Jaru / Rondônia
  CEP 76890-000
 

 

Contatos

(69) 9238 - 2808

flaviofolha@hotmail



 
 Todos os direitos reservados
 Proibido a reproducao total ou parcial do conteudo
 deste site sem autorizacao dos idealizadores.
 
 
© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Interativas