Policiais expulsam indígenas que cobravam pedágios na BR-364

Compartilhe:

Uma operação conjunta entre tropas federais foi deflagrada nesta terça-feira (12), com o objetivo de expulsar os indígenas da etnia Nambikwara que estavam bloqueando um trecho da BR-364 no município de Comodoro. Os índios cobravam R$ 50 de motoristas que trafegam pela região.

O local estava bloqueado há cerca de 40 dias, os indígenas mesmo diante de uma decisão judicial continuaram o bloqueio. Eles vinham arrecadando diariamente R$ 6 mil com pedágios na região.

A ação foi batizada de Operação Líbero, e reuniu agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Federal (PF) com apoio de homens do Exército Brasileiro. Além da liberação do tráfego no local, as ordens judiciais também autorizaram a prisão preventiva de 15 indígenas e ainda buscas, apreensões e remoção de todo material utilizado para cobrança do pedágio.

A operação foi necessária em razão da ocorrência de diversos crimes decorrentes da cobrança de ilegal do pedágio, a qual, por si só, configura o crime de extorsão. Os presos foram encaminhados para a delegacia da Polícia Federal em Cáceres, onde foi instaurado o inquérito policial que deu origem à operação Via Líbero.

Fonte: Nortaonoticias

Compartilhe:








1 Comentário em “Policiais expulsam indígenas que cobravam pedágios na BR-364”

  • João Batista - Pioneiro de Jaru escreveu em quinta-feira, 14 de junho de 2018, 14:42

    O PT que permitiu este tipo de coisa, índios cobravam pedágios em: indo pro 180, perto de Campo novo dos Parecis/MT e agora também em comodoro. Falta a polícia acabar com o pedágio perto de campo Novo dos Parecis, quem passa por lá, parece coisa organizada e permitida pelo Governo. Porque o Estado não acaba com este Pedágio irregular? É UMA VERGONHA…

Comentar

 

 

  A Notícia Mais
 
 Notícias de Jaru e Região
 em Tempo Real!

 
  Rua Rio Grande do Norte
  Setor 02
  Centro - Jaru / Rondônia
  CEP 76890-000
 

 

Contatos

(69) 9238 - 2808

flaviofolha@hotmail



 
 Todos os direitos reservados
 Proibido a reproducao total ou parcial do conteudo
 deste site sem autorizacao dos idealizadores.
 
 
© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Interativas